Blog NOTÍCIAS E INFORMAÇÃO

Perda auditiva na velhice

Perder parte da audição é, em muitas vezes, um processo natural do envelhecimento do ser humano. Após os 50/60 anos o indivíduo já não consegue ouvir tão bem quanto fazia algumas décadas antes.

A perda de audição na velhice pode vir acompanhada de uma certa resistência, por parte do paciente, para se tratar, podendo dificultar o tratamento ou até mesmo piorar a situação da perda auditiva até levar a surdez definitiva. Portanto, é preciso estar atento aos sinais apresentados pelo idoso e evidenciar a importância de um acompanhamento profissional para manter a qualidade de vida dele.

Os sintomas

Um estudo da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia mostra que o tempo para a procura de uma ajuda médica para idosos com perda auditiva é de cerca de sete anos e depois desse período e pelo menos mais dois anos até a realização de algum tipo de tratamento.

A perda de audição se evidencia por alguns sinais físicos facilmente perceptíveis que podem ajudar no tempo de busca por profissionais qualificados para cuidar o mais rápido possível desse problema para que ele não se transforme em algo maior e difícil de tratar.

Um dos primeiros sintomas a se manifestar na pessoa com perda auditiva é a dificuldade de falar ao telefone ou de compreender bem a fala na comunicação com outra pessoa. Por esse motivo o diálogo se torna mais difícil e o idoso passa a depender mais do apoio visual, em uma conversa pessoalmente, para facilitar a compreensão do que está sendo dito. A leitura orofacial não melhora a audição, mas facilita a comunicação.

Para melhorar a qualidade de vida do paciente é necessário ter paciência com o idoso antes da procura por atendimento médico e durante a adaptação ao aparelho auditivo.

Perguntas FREQUENTES

Adquiri meu aparelho, mas acho que ele precisa ser reconfigurado, o que fazer?

Vou conseguir falar ao telefone usando o aparelho?

Como funciona o aparelho auditivo?

O aparelho auditivo possui garantia?

Quais as formas de pagamento?

Preciso de um laudo médico antes de procurar a Opimed?